Notice: Undefined index: _tp_mensagem in /home/storage/3/2f/38/pinheiro7/public_html/wp-content/themes/prefeitura-v2/template-parts/content-single.php on line 7

ASSINATURA DE TERMO DE CESSÃO DE PROPRIEDADE DA ANTIGA ESCOLA PRESIDENTE MÉDICE A UEMA

2 de junho de 2017

A secretaria de educação e a prefeitura de Pinheiro recebeu em evento solene, o Reitor da UEMA Universidade Estadual do Maranhão, o professor doutor Gustavo Pereira para assinatura do termo de cessão de propriedade para a Universidade. Isso significa que a prefeitura está cedendo em caráter definitivo, uma propriedade para o funcionamento da universidade.

A solenidade contou com a participação muito especial dos alunos do curso de música, que fizeram apresentações em homenagem a esse momento tão importante para a educação da baixada.

Na composição da mesa estiveram presentes o professor e assessor especial da prefeitura Fernando Mitoso, a professora Valdete Queiroz representando a Academia de Letra de Pinheiro, o professor e diretor do CESPI Gilberto Matos, o secretário de educação Augusto Miranda, a prefeita de Presidente Sarney Valéria Castro, o professor e vice-prefeito de Pinheiro Stélio Cordeiro e o reitor da UEMA Gustavo Pereira.

Durante todos os anos em que a UEMA esteve funcionando no município, ainda não contava com sede própria, esse gesto inédito da atual gestão irá garantir além de endereço fixo, liberdade para a exploração dos campos da ciência e do conhecimento, além da expansão do número de cursos ofertados pela universidade.

Stélio Cordeiro – vice prefeito: Não é concebível que uma universidade estadual leve 21 anos pra conseguir um prédio dentro do município de Pinheiro. O que nós fizemos na verdade, foi um reconhecimento dentro da Universidade Estadual do Maranhão, doando uma área, um prédio pra que ela possa se instalar definitivo em Pinheiro. A UEMA esteve perto de perder os cursos na área de educação em Pinheiro porque não tinha um prédio. Eu não consigo entender como um prefeito que tenha passado lá praticamente doze anos como gestor e não doar um prédio para a Universidade do Estado do Maranhão e ainda defende a política de dizer que ele é preocupado com as universidades. Nós estamos nesse momento, o prefeito Luciano e eu, doando a escola Presidente Médice para ser implantada a Universidade do Maranhão definitivo naquela localidade. Então o perigo e o risco que havia dela deixar de ser Universidade de Pinheiro, mesmo sendo estadual, não há mais. Os jovens de Pinheiro podem confiar nisso. Hoje a Universidade Estadual tem um prédio feito concessão pelo município que só vai sair de lá quando ela quiser sair. Então nós estamos fazendo isso e nós vamos trabalhar juntamente com o governo do estado para fazer com que aquela área do Caic, hoje uma área abandonada, utilizada por vândalos ou pessoas que tem o vício do uso das drogas, para transformar aquilo num grande centro universitário de Pinheiro da Universidade Estadual do Maranhão.

Durante os discursos, o vice-prefeito Stélio Cordeiro fez um pedido especial em nome do prefeito Luciano para o reitor: o tão desejado curso de direito em Pinheiro; o reitor de pronto passou o desafio para o professor Gilberto Matos para que ele desenvolvesse

o projeto, e quem sabe em 2019, o curso de direito já possa estar em pleno funcionamento no município.

Gilberto Matos – diretor do CESPI/UEMA: A partir de 2018 já estará disponível vagas para o curso de direito em Pinheiro; o projeto estará pronto em menos de quatro meses e visa atender toda essa classe estudantil que almeja fazer um curso de direito e que as vezes não tem condições financeiras de ir pra uma capital e tem a possibilidade de fazer na sua própria localidade sem gastar um tostão com transporte.

Alguns alunos da universidade estiveram presentes no centro de cultura José Sarney acompanhando esse pequeno grande gesto que só irá trazer benefícios para a educação, e a classe estudantil se mostra muito satisfeita com esse avanço.

Adélia Cristina – universitária/ciências biológicas: Nós já vínhamos pleiteando há muitos anos, mas ainda não tínhamos conseguido, ainda não tinha obtido êxito e agora com a nova gestão, o prefeito nos concedeu essa honra de termos agora o prédio da UEMA para nós.

O novo prédio da universidade irá funcionar na Rua Diogo dos Reis, na Matriz, onde funcionava a escola Presidente Médice, o prédio irá entrar em reforma e em breve estará em pleno funcionamento. Mas ainda existe a possibilidade da UEMA funcionar no antigo CAIQUE, uma esperança que está renovada com esse avanço na educação e que marca a história de 35 anos da UEMA que a partir de hoje, no município de Pinheiro, poderá funcionar com total liberdade e autonomia.

Gustavo Pereira – Reitor/UEMA: Aqui nós inauguramos uma nova fase da presença da UEMA aqui em Pinheiro, com um prédio próprio que vai entrar em reforma pra oferecer melhores condições a alunos e professores, permitir a ampliação do números de vagas tanto dos cursos presenciais quanto a distância e também os cursos técnicos que nós vamos começar no segundo semestre; então acho que é a consolidação definitiva da presença da UEMA em Pinheiro, acho que faltava esse olhar da prefeitura municipal para nossa universidade, para a importância que a universidade tem na vida das pessoas; eu to absolutamente confiante, além de muito feliz, mas muito confiante que a presença da UEMA a partir desse momento, com um prédio em que ela possa ser identificada, que as pessoas possam procurar a universidade não só por meio dos cursos de graduação mas de tudo aquilo que uma universidade transforma a vida das pessoas. Então é um dia que fica pra história pelo seu simbolismo e pela sua importância.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Curta nossa página