SETEMBRO AMARELO: PROFISSIONAIS DO CAPS II LEVAM PALESTRAS COM TEMA “SUICÍDIO” PARA ESCOLAS EM PINHEIRO

13 de setembro de 2019

Estamos no setembro amarelo, mês em que a campanha de conscientização sobre prevenção ao suicídio é intensificada no Brasil. Em Pinheiro, a agenda entrou na programação do “CAPS II EM AÇÃO”, projeto que leva atividades e atendimentos para além das salas do Centro de Atenção Psicossocial.

A primeira medida de prevenção ao suicídio é a educação. Através dessa premissa, profissionais do CAPS II de Pinheiro levaram palestras e rodas de conversa sobre o tema para dentro da Escola José de Anchieta. Os alunos ouviram informações importantes sobre o assunto e puderam fazer perguntas de forma anônima através de bilhetes para facilitar o diálogo.

A diretora do CAPS II de Pinheiro, Rosa Pinheiro, afirmou que os números de suicídio na região da Baixada marenhense são alarmantes e que os casos de depressão e tentativas de suicídio vêm aumentando entre os adolescentes nos últimos anos, e disse ainda: “os nossos adolescentes estão falando cada vez mais em suicídio; nós precisamos estar atentos, especialmente nós que trabalhamos com saúde mental. Quando um adolescente está com sintoma de tristeza, isolamento social e as vezes até se automutilando, ele não está tentando chamar atenção, ele está em sofrimento e precisa de ajuda. Por isso nossos profissionais estão saindo dos consultórios e visitando especialmente as escolas para tratar do assunto, para orientar os adolescentes, os professores e as famílias. O CAPS II de Pinheiro está de portas abertas para receber, acolher, orientar e ajudar quem está em sofrimento”, finalizou a diretora.

O site oficial da campanha Setembro Amarelo aponta que cerca de 32 pessoas cometem suicídio por dia no Brasil; a nível mundial o número é mais preocupante, chega acontecer uma morte a cada 40 segundos. O site ainda informa que o suicídio é um ato de comunicação. Quem se mata, na realidade tenta se livrar da dor, do sofrimento, que de tão imenso, parece insuportável.

Listamos alguns sinais de alerta que podem indicar a necessidade de buscar ajuda:

– isolamento;

– mudanças marcantes de hábitos;

– perda de interesse por atividades que gostava;

– descuido com a aparência;

– piora do desempenho na escola ou no trabalho;

– alterações no sono ou no apetite;

– frases como “preferia estar morto” ou “quero desaparecer”;

Se você sente um ou mais desses sintomas, procure ajuda de um profissional.

O CAPS II de Pinheiro funciona de segunda a sexta-feira, das 08:00 às 18:00 horas e fica localizado na rua Major Gomes, S/N – no Antigo Matadouro.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Curta nossa página